sexta-feira, 25 de junho de 2010

Quando o azar é seu amigo

Tava com pouca ideia de post escrito, antes tinha praticamente imagens aqui, então vamos ver esse texto dá certo. Enfim, a ideia é basicamente a que eu vivo todos os dias: azar. Eu sou muuito azarada, mas a sorte é que esse azar não contamina as pessoas (uahsaushauah)

Exemplos: Nunca ganhei nenhum sorteio, bingo, concurso, etc e quando ganho no par ou ímpar é raro.

'~Existem casos mais dolorosos como quando tem falta de luz e eu tento andar sem cair, ou bater em qualquer lugar. É impossível. Ou mesmo tentar achar algum objeto no escuro (que tecnicamente eu pegaria todos os dias, no mesmo lugar, na mesma posição, como a escova de cabelo).
Ou seja, a azar me acompanha sempre, é íntimo, e quando eu (por algum milagre da força Jedi) ganho algo, eu estranho e acho que tem marmelada.

Talentos: Talento tecnicamente tem a ver com sorte, e como sorte eu não tenho nenhuma (talvez tenha sorte por nascer, mas isso fica suspeito),eu me considero alguém sem talentos. Mas aí chegam e falam: "Ahhh, mas você sabe desenhar, e ugbfidnwetfieg", mas a questão é que pra desenhar melhor que um maneta, precisa treinar, treinar, e etc.

Esse no caso seria um "talento artificial', ou forjado (uahsaushauhsua), prefiro assim.
Concluo então que no meu caso, qualquer coisa que eu ganhe e etc seja por mérito próprio, não por forças do além (existem exceções, tipo pegar a figurinha rara do Pokémon  que faltava)


Image and video hosting by TinyPic
Conclusão do Post: Isso nunca aconteceria comigo :D
Conclusão 2: Esse post ficou um porre de chato! =O




Image Hosted by ImageShack.us

0 comentários:

Postar um comentário